quarta-feira, novembro 2

Fwd: Lembram da Luma de Oliveira?







Imagina que ela é mãe de 2 filhos do único bilionário do Brasil.Eike Batista
Pense se fosse pobre.

 

Olha o nosso consolo ai galera!

 

 

 

 

É, o tempo não perdoa ninguém ...

 

 

http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRb1cJBz2q2hEiizejKBlkZOqmj7NmuxOB6_qBfs_pdatemPTMH

 

 

 

 

http://static.blogstorage.hi-pi.com/photos/blog.musicblog.com.br/images/gd/1198078416/luma-de-oliveira.jpg

 

 

 

 

http://entretenimento.r7.com/blogs/gustavo-sarti/files/2011/10/luma.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 



terça-feira, outubro 18

Fwd: ENC: Adorei ter vindo

 

Uma mulher leva um bebe ao consultório do pediatra.

Depois da apresentação o médico começa a examinar o bebê vê que o seupeso está abaixo do normal e pergunta:

- O bebê bebe leite materno ou mamadeira?

- Leite materno - diz a senhora.

- Então, por favor, mostre-me os seus seios..

A mulher obedece e o médico toca, apalpa, aperta ambos os seios; gira

os dedos nos mamilos; primeiro suavemente, depois com mais força,

coloca as mãos embaixo e os levanta; uma vez, duas vezes; três vezes,

num exame detalhado;

 Inconformado chupa os mamilos diversas vezes.

Sacode a cabeça para ambos os lados e diz:

- Pode colocar a blusa..

Depois da senhora estar novamente composta o médico diz:

- É claro que o bebê tem peso a menos...

A senhora não tem leite nenhum.

- Eu sei, doutor. Eu sou a avó.

 Mas adorei ter vindo..

 

 

 

 

 

 


segunda-feira, setembro 12

Fwd: Fw: Mineirinho fazendo terapia de grupo.



Quatro pacientes estão reunidos na sala, com o seu terapeuta.
 
O terapeuta pede que se apresentem, que digam qual é sua atividade,e comentem, porque a exercem.

O primeiro diz:
- Me chamo Francisco, sou médico porque me agrada tratar da saúde e cuidar das pessoas.
- O segundo se apresenta:
- Me chamo Angelo. Sou arquiteto porque me preocupa a qualidade de vida das pessoas e como vivem.
- A terceira fala:
- Meu nome é Maria e sou lésbica. Sou lésbica porque adoro peitos e bundas femininas e fico louca só de pensar em fazer sexo com mulheres.
- O quarto, um mineirinho, diz:
- Sô Tunico, e inté gorinha achava qui era pedrêro, mais cabei de discubrí qui sô é lésbico...



 


__________ Informação do ESET NOD32 Antivirus, versão da vacina 6447 (20110908) __________

A mensagem foi verificada pelo ESET NOD32 Antivirus.

http://www.eset.com


__________ Informação do ESET NOD32 Antivirus, versão da vacina 6451 (20110909) __________

A mensagem foi verificada pelo ESET NOD32 Antivirus.

http://www.eset.com

sábado, julho 16

PIMENTA ...

CUIDADO PESSOAL,.....NÃO TENTEM ISTO EM CASA !! PRINCIPALMENTE SEM SUPERVISÃO!

ía um minerin montado em um burro, e num determinada altura o burro empacou

Diz o Minerin:
- Esse burro FidumaPuta impacô e eu é que vô levá essa carga toda sozim nas costa.
Vô fala com o mecânico, causdiquê se ele sabe faze um carro andá, intão deve sabê fazê um burro andá tamem.

E dirigiu-se a uma oficina próxima:
- Ô Sinhô mecânico, meu burro parô, impacô e priciso de sua
ajuda.

- Minerin, eu vou te dar dois supositórios, um de pimenta-de-cheiro e outro de malagueta. Você mete o primeiro no tóba do burro.
Se ele ainda não andar você mete o de malagueta.
Mas cuidado que ele pode acelerar demais...


-Ta bem Seu mecânico eu vou sigui seus conseio..
No outro dia...
- Então minerin, o burro andou?
- Se andô?!?! PQP, eu pus o primeiro supositório no cu do burro... Se não boto o de malagueta no meu, nunca mais que eu pegava o
bicho.




sábado, junho 11

Doe palavras

Vejam que projeto fantástico, eficaz que depende apenas de um minutinho nosso :
O Hospital Mário Penna em Belo Horizonte , que cuida de doentes de câncer, lançou um projeto que se chama "DOE PALAVRAS".
Fácil, rápido e todos podem doar um pouquinho.
Você clica no link http://www.doepalavras.com.br/, escreve uma mensagem de otimismo, curta (como twitter) e ela aparece no telão para os pacientes que estão fazendo o tratamento – na sala de quimioterapia.
Não é incrível? Podemos ajudar milhões de pessoas enquanto elas passam pelo tratamento como nossas mensagens, essa ajuda acontece de muitas formas: apoio, reconforto, distração (ocupam o tempo que ali passam recebendo a quimio), reprogramação mental, otimismo, e muitas outras, algumas bem subliminar, mas muito efetiva.
Dizem que é linda a reação de esperança e a fé dos pacientes.
Participem, não apenas hoje mas, todos os dias.
Doem um pouquinho das suas palavras e de seus pensamentos.
Nos custa quase nada (só um pouco de tempo) e pode realmente trazer grandes benefícios aos que sofrem dessa doença que tem tratamento de efeitos colaterais terríveis, e podem ou não promover a cura.
Apoio e mensagens de otimismo são um tratamento delicioso sem efeitos colaterais negativos e ajudam muito na cura e/ou no processo de apoio – é uma carícia positiva.
Então? Não economizem palavras: use-as nesse projeto maravilhoso.

P.S: Quanto mais pessoas souberem, mais esse remédio será difundido.

domingo, novembro 28

ENTUSIASMO INGÊNUO OU IRRESPONSÁVEL?

Assusta-me o desassombrado entusiasmo que a imprensa brasileira (leia-se a Rede Globo, que é através da qual tenho acompanhado os acontecimentos no Rio de Janeiro) tem demonstrado na cobertura dos acontecimentos no Rio de Janeiro.

A sensação transmitida pela equipe de jornalismo da toda poderosa é a de que estamos, por fim, presenciando o confronto final do Armagedom, no qual os morros/favelas seriam os Vales da Decisão e as forças do bem estivessem representadas pelas polícias civil e militar.

Claro que todos nós torcemos pela derrota dos bandidos, mas sabemos que a coisa não é tão simples assim.

O que significa, por exemplo, essa derrota? Será a prisão de todos ou, ao menos, da maioria dos narcotraficantes cariocas? Se assim o for, será que o precário sistema presidiário brasileiro tem condições de comportar todos esses marginais que, como vimos pela televisão, representam um verdadeiro exército, ao menos no quantitativo?

Porém, o que me preocupa de forma mais imediata é o grande enfoque dado à participaçao popular no apoio às polícias. A todo momento, registra-se com alarde o recorde de ligações para o disque denúncia, divulgando, inclusive que foi através desse serviço que chegou-se ao esconderijo/palacete de um dos chefões do tráfico (será que as polícias não sabiam???...).

Mais uma vez, o limite entre o compromisso com a divulgação dos fatos e as suas possíveis e provavelmente trágicas consequências volta a colocar em cheque o papel da imprensa.

Tudo bem que seja linda a participação popular, a vibração pela "derrota" dos bandidos/traficantes. Tudo bem que sejam emocionantes as cenas de crianças sendo fotografadas, orgulhosas, junto dos mocinhos/policiais (estão nos devendo, ainda, o famoso beijo entre o marinheiro e a enfermeira que, em se tratando do Rio de Janeiro, bem que poderia ser entre o passista e a porta-estandarte).

A mensagem subliminar, porém, é perigosa. Afinal, essa mesma polícia goza, tradicionalmente, de uma péssima reputação no que diz respeito a corrupção, omissão, violência, abuso de poder e etc., etc., etc.

Repentinamente, porém, a imprensa, no seu entusiasmo supostamente profissional, transforma uma situação gravíssima em uma espécie de fita americana de bandido e mocinho ou, para os mais nacionalistas, em mais um filme da série Tropa de Elite, estrelado por vários capitães Nascimento.

Está tudo muito bom... esta tudo muito bem... mas, RRRRRREALMENTE, eu gostaria de saber o que irá acontecer no RJ depois disso. É... porque os Wagner Moura da hora (que me perdoe o grande ator baiano) afirmam que estão devolvendo ao Rio a tranqüilidade perdida a mais de 30 anos. É mole?... E a Globo botando pilha.

Gostaria de saber o que vai acontecer no Brasil, depois desse episódio importantíssimo que, nesses tempos midiáticos, tem as suas reais dimensão e gravidade turvadas por toda esta espetacularização.

Gostaria de saber o que vai acontecer com os moradores desses morros quando os "capitães nascimentos" voltarem para as suas delegacias, para os seus quartéis, para as suas casas.

É sabido que o chamado crime organizado mata "culpados" e inocentes sem distinção. Queira o Universo que, depois que as coisas retornarem à normalidade, não ocorra nenhuma nova tragédia em represália ao ocorrido.

De uma coisa podemos ter certeza. Se ocorrer, porém, (que não permita o Universo), a mídia fará mais uma sensacional e espetacular cobertura.


segunda-feira, outubro 4

SOU MAIS OS “TIRIRICAS”


No fantástico mundo do circo, os números que mais me seduzem são os dos trapezistas, malabaristas, contorcionistas, ilusionistas e, claro o dos palhaços.

Ícone da alegria incondicional e ingênua, os palhaços proporcionam a possibilidade do riso sem compromisso, da gargalhada infantil, do divertimento lúdico e sem reservas.

A fragorosa votação do palhaço Tiririca (mais de 1,3 milhão de votos) vem provocando uma comoção nacional revestida de revolta e indignação.

Até entenderia essa reação, caso estivéssemos num país sério onde houvesse respeito à cidadania e às instituições, e no qual a categoria dos políticos não se equiparasse à dos marginais (claro, com raras e honrosas exceções).

Ora, o que dizer então dos fichas sujas que foram eleitos? Do Garotinho com a maior votação já alcançada por um candidato a deputado federal no Rio de Janeiro? Será o palhaço pior do que eles?

E as bancadas familiares? Renanzão e Renanzinho, Valadareszão e Valadareszinho, Agripinão Maia e Felipinho Maia, Tião Viana e Jorjão Viana, Roseana Sarney, Sarney pai e Sarney filho, Edson Lobão e sua Mulher, Nice Lobona.

Aqui na Bahia, um dos deputados estaduais mais votados foi o Mario Negromontezinho, filho, é claro de Mario Negromonte. Alguém conhece o mancebo? Seu currículo? Sua experiência na política?

E o mais interessante é que essas bancadas familiares tendem a crescer mais ainda a depender do julgamento do STF. Quer dizer, se liberarem os fichas sujas, os "herdeiros metralha" aumentarão de número.

Qual o voto mais indigno, então?... Aquele que contempla a irreverência marqueteira – ou não - do palhaço, ou aquele que reforça o nepotismo inconseqüente e/ou a corrupção, a locupletação e a bandalheira?

Não que o palhaço não possa vir a se revelar um grande safado (afinal, o interesse pela política já o coloca sob suspeita). Porém, até prova em contrário, existe a esperança de que, bem assessorado, possa desenvolver um trabalho decente. Afinal, "tudo é possível e também o seu contrário".

Quanto aos outros, nós estamos cansados de saber o que pretendem na vida pública.

A esses, em contraposição aos palhaços, chamo-os de ilusionistas especialistas em truques baratos para ludibriar a nós, eleitores brasileiros, malabaristas e contorcionistas nesse circo de horrores.

É por essas e outras que eu sou muito mais os "tiriricas"!


Ari Coelho 

 


sábado, junho 12

IL CAPO MARADONA

Rapa!!! Quiequié aquilo?!... O Maradona de paletó e gravata é o retrato fiel de um chefão do narcotráfico. Maradona Escobar.

Se o Dunga insistir nos modelitos da sua filha stylist, a briga vai ser dura para escolher o técnico mais quilômetrossexual dessa Copa.

 

sábado, junho 5

GANHE O SEU DIA, SEJA GENTIL

"As mãos que auxiliam fazendo paz são mais santas que os lábios que rezam."
(Sai Baba)

DUNGA É CARETA!

Na década de 70, no Rio de Janeiro, houve um movimento (vários, na verdade) anti-Caetano Veloso, e uma coisa muito engraçada foi um ultraleve sobrevoando a orla da cidade, no fim-de-semana de um pleno verão, com uma faixa onde se lia: "CAETANO É CARETA!"

Venho relutando bastante em comentar o azedume do técnico "da seleção dele", o tal do Dunga. Você conhece?... Alguém conhece Dunga?... Uia!!!

Pois bem, um primor de simpatia ele nunca foi. A impressão que tenho é que ele assumiu a seleção no momento errado. Se fosse mais velho, creio que teria sido um excelente técnico da seleção do Garrastazu (argh!) Medici. Sempre achei que ele se sentiria em casa, trabalhando com os milicos, chegando mesmo a superar o reacionário Coutinho de quem, além de conterrâneo, parece ser discípulo.

Dunga é antipático, sem dúvida. Tudo bem. Mas ninguém é obrigado a ser simpático. Existem pessoas que só conseguem ser felizes sendo antipáticas. Quem não conhece uma dessas criaturas azedas e desagradáveis que, no arriar das malas, já pesam o astral?

Sem pretender ser preconceituoso – mas já o sendo -, Dunga vem de uma trajetória até certo ponto bem sucedida de jogador de futebol que, como se sabe, não é uma atividade que se possa chamar de intelectual. Ou seja, o cara, além de antipático, é casca grossa. Nada contra, desde que longe de mim e perto das negas lá dele e da Carminha.

Agora, essa bobajada dele com a imprensa e da imprensa com ele já ultrapassou os limites do ridículo. A imprensa pirraça, joga a isca e ele mete o bocão, secundado pelo seu auxiliar, o carioquíssimo Jorginho, que agora, também, danou a reclamar da imprensa, ciciando mais do que água na fervura.

Declaro-me altamente suspeito, tendo em vista que não sou nenhum amante do futebol e que ouvir ou assistir a entrevistas com craques da bola, definitivamente, não é um dos meus deleites.

Mas, em ano de Copa o bombardeio não perdoa ninguém. E até eu, que tomo activia com johnny walker para a paixão nacional, termino (falando baianamente) metendo o bedelho onde não sou chamado e me atrevo até a dar palpite na escalação do time que defenderá o nosso verde e amarelo na África. E uma pessoa que eu não escalaria jamais seria o técnico. E, digo mais: DUNGA É CARETA!

 

Visite: http://www.baianandonacopa.blogspot.com/